Voltar ao Topo

Como encontrar (e escolher) os melhores fornecedores de TI

Um número crescente de empresas tem se interessado pela terceirização como solução para processos de negócios específicos, que podem ser mais eficientes e rentáveis quando executados por um parceiro. Entretanto, escolher os melhores fornecedores de TI ainda é uma tarefa árdua.

Como em qualquer outro relacionamento, comunicação, química e timing são imprescindíveis para determinar o sucesso da empreitada e, quanto antes sua empresa entender isso, melhor.

Pensando nisso, listamos algumas dicas que vão te ajudar a escolher o parceiro ideal para atender suas necessidades tecnológicas atuais e futuras.

Defina sua demanda específica

É impressionante a quantidade de empresas que perdem a chance de fazer um outsourcing (terceirização) bem-sucedido por não conseguir definir suas prioridades. Toda decisão de negócios depende de planejamento, e, escolher o fornecedor de TI ideal não seria diferente.

Identificar claramente o escopo das tarefas e os objetivos da terceirização é tão importante quanto encontrar o prestador de serviços certo.

Busque on e offline pelo fornecedor de TI ideal

Comece perguntando a seus contatos se eles conhecem alguém que fornece os serviços de TI que você precisa. Uma recomendação confiável é o primeiro passo para encontrar o parceiro certo, com experiência para administrar as necessidades do negócio.

Caso nenhum deles tenha uma recomendação adequada, leve a pesquisa para a internet, em que será possível conhecer não apenas as principais prestadoras de serviço que atendem sua demanda, mas também a avaliação dos usuários.

Busque referências sobre o parceiro

A maioria dos bons fornecedores de TI tem uma lista de referências detalhada e atualizada, na qual constam clientes variados, suas informações de contato e um resumo dos projetos executados. Desse modo, você pode conferir pessoalmente a qualidade dos serviços prestados.

Verifique as certificações da empresa escolhida

É bom saber como o fornecedor de TI está preparado para lidar com adversidades. Em um relacionamento que envolve a troca de informações confidenciais, infraestrutura fortificada e protocolos de segurança padronizados são imperativos.

Verifique se o provedor tem as credenciais necessárias para executar o projeto com a qualidade que você espera.

Avalie o custo-benefício

Sua empresa pode economizar muito ao terceirizar, mas nem por isso deve escolher o fornecedor mais barato que encontrar por aí. Compare orçamentos e a credibilidade antes de definir o parceiro de negócios certo.

Administre os riscos do relacionamento

Que tipo de riscos estão envolvidos no processo de outsourcing? Para a maioria das empresas, o mau uso e a perda de dados confidenciais é a principal preocupação.

Procure fornecedores de TI seguros, com planos eficazes de prevenção de perdas e backups. Para diminuir os riscos, comece com pouco e vá escalando com o amadurecimento da relação.

Conheça bem seus fornecedores de TI

Descubra a expertise do prestador de serviços e avalie o perfil dos clientes atendidos. Peça para conhecer gerentes e outros membros da equipe, se isso lhe oferecer mais segurança.

Para contratos de longo prazo, é preciso interagir com o time responsável por seu projeto antes de bater o martelo.

Entre em sintonia com o parceiro e dê atenção especial a uma boa comunicação

Comunicação é um fator-chave para garantir que sua empresa vai obter todos os benefícios da terceirização. O quão bem as equipes interna e externa se relacionam é fundamental para uma parceria bem-sucedida. Alinhe expectativas com frequência e estabeleça canais de comunicação eficientes.

Documente cada etapa do processo

Para uma relação bem-sucedida, é importante documentar os termos do projeto, incluindo pagamentos, cronograma e diretrizes que vão orientar o parceiro. Quanto melhor for sua documentação, maiores a chances de sair satisfeito desse relacionamento.

Definir com quais fornecedores de TI trabalhar pode ser a etapa mais difícil da mudança. As conversas iniciais e a comunicação entre os envolvidos será forte indicativo de que as empresas vão trabalhar bem em conjunto.

E aí? Gostou dessas dicas? Curta a nossa página no Facebook e acompanhe nossas postagens!

Comentários do Facebook